Translate

sexta-feira, 12 de abril de 2013

SALÁRIOS & PORTADORES DE DEFICIÊNCIAS

Por que as empresas que contratam profissionais com deficiências abaixo os valores de seus salários em relação a pessoa sem deficiência?

Se a deficiência da pessoa é física (não mental ou de desempenho) por que ela deve ganhar menos do que a pessoa sem capacidade intelectual e que não esta apta para o cargo ou função?

Isso é ter responsabilidade social?

Isso se chama apenas preencher os gabaritos exigidos por lei para ter pessoas com deficiência na empresa e/ou fazer uma social para os outros.

Acabo de ver um anúncio de uma empresa que precisa de um profissional Pleno para Processos numa média salarial de R$ 4.000 e pelo fato de ser ara uma pessoa com deficiência o valor é de R$ 2.500.

Que vergonha!!!

Sinceramente pelo skill da oportunidade comentada a pessoa que aceitasse participar do processo seletivo intelectualmente não teria nada que justificasse a diferença do valor.

Se fosse assim tem muitas pessoas sem deficiência que precisariam ter seus salários reduzidos a menos da metade em nosso país, começando pelo RH de algumas empresas que dizem ter responsabilidade social.

Cada caso é um caso, mas para casos mais pleno e seniores não acredito que o candidato entraria em um processo seletivo sem os skill mínimos exigidos.

E mesmo assim não justifica abaixar o nível do valor por causa da deficiência, seja transparente para o candidato e diga que ele não tem o perfil da vaga e contrate um que tenha e pague o valor correto para a vaga em questão como se fosse pagar para uma pessoa sem a deficiência física.

Mas enfim acho ética profissional e crime a empresa que age com esta política de contratação e seleção.
E o máximo que pude fazer foi me recusar a divulgar a vaga para meu networking pessoal, já que não posso mudar a política da empresa.

Isso são empresas que tem pessoas formadas nas melhores universidades do Brasil com MBAs e Pós disso e daquilo e continuam agindo com este tipo de mentalidade.

Mas é comum em nosso país, é que eu que tive o desprazer de presenciar um fato real vindo de alguém conhecido.


Nenhum comentário: